• Psicologia

    Saber dizer adeus

    Saber dizer adeus: a anulação do ser pela necessidade existencial. Às vezes, é preciso saber dizer adeus. Mas, não somente é preciso dizer adeus, é necessário dizer adeus, às vezes; e não somente às vezes, mas, muitas vezes é necessário dizer adeus. Mas, afinal, o que significa dizer adeus? É uma cisão! Uma ruptura! É estabelecer um hífen naquilo que se é constituído objeto da relação, do encontro, e reencontro, da recitação, da poesia. E não importa se é poesia sem verso e rima. O que é importa é existir na possibilidade de ser recitada. Pois o sentido é o sentido do dito naquilo que nos eleva; e o que…

  • Expressão de Espiritualidade

    Crentes: os maiores divulgadores dos movimentos anti-cristã e afins nas mídias sociais.

    Amados, tem já alguns meses que venho ensaiando em escrever uma observação sobre uma armadilha na qual a grande maioria dos crentes que têm perfil no em redes sociais estão sendo apanhas por ela. Esta armadilha foi posta em torno das polemicas que envolvem a questão do homossexualismo e afins. Pois bem! A questão é a seguinte: tudo que é IMAGEM, sejam acústicas ou visual, principalmente esta, que os movimentos homossexuais e seus adeptos fazem os CRENTES DESAVISADOS postam nos seus perfis, e terminam por fazer uma disseminação viral daquilo. Uma das mais disseminadas, por exemplo, foi uma foto onde dois homens (possivelmente homossexuais) profanam o principal ícone do cristianismo…

  • Educação

    Programa Escola sem Partido

    O Programa Escola sem Partido é uma proposta de lei que torna obrigatória a afixação em todas as salas de aula do ensino fundamental e médio de um cartaz com o seguinte conteúdo: Para saber mais acesse o site do Programa Escola sem Partido.

  • Reflexões Sociais

    Sem consciência histórica

    Sem consciência histórica, qualquer manifestação transformar-se-á húmus para os políticos de carreira. Tenho lido inúmeros comentários feitos por pastores, bispos, apóstolos, profetas, doutores em divindade e políticos “crentes”, “evangélicos”, “protestantes”, “pentecostais”, “neo-pentecostais”, filósofos, sociólogos, psicólogos, psicanalistas, médicos, advogados, administradores, geógrafos, biólogos, ufólogos, e escambau, etc, etc, feitos nas redes sociais, nomeadamente, no Facebook, sobre os protestos no Brasil. A todo instante surge um protesto, um boicote, um posicionamento contra isto e aquilo! Sem falar nas tão famosas NOTAS DE REPÚDIO. Chega a ser chato, em muitos casos! Todavia, sobre o essencial, a cada dia, só se observa o distanciamento; o distanciamento do núcleo da dignidade humana. Não sou especialista em…

  • Reflexões Existenciais

    A representação social do morrer

    Segundo Nobert Elias, “o problema social da morte é especialmente difícil de resolver porque os vivos acham difícil identificar-se com os moribundos” (ELIAS, 2001:9[1]). Sabe-se, portanto, que o dilema que envolve os vivos não é morte (pois é um conceito descritivo), a questão é o morrer, pois é uma realidade na qual o ser humano está conscientemente inserido, e da qual existencialmente faz parte, e inevitavelmente terá que enfrentá-la. Para conviver com esta realidade, o homem, por meio das mais diversas formas de manifestações culturais, significados e sentidos, representa a morte socialmente. A morte está na cultura, como o morrer está para o homem. Epitáfios, poesias, esculturas, pinturas… A morte…

  • Expressão de Espiritualidade

    Antropofagia religiosa

    Por antropofagia religiosa, quero dizer de todo e qualquer “agressão ritualizada” que utiliza o comportamento verbal, mascarado da semântica religiosa para tentar mobilizar o outro, tirando-lhe o direito de concordar ou discordar. É o autoritarismo religioso transvertido de piedade. É a imposição, em nome de Deus, não dando direito a escolhas Existe uma substancial diferença entre antropofagia e canibalismo[1]. Mas, o termo antropofagia, neste texto, é essencial pelo fato de que, em termos de atividade religiosa, mesmo vivendo sob a mesma insígnia, somos sujeitos que se  diferenciam na individualidade, a despeito de sermos da mesma espécie. Antropofagia religiosa é a tentativa de uniformizar o comportamento das pessoas, é querer que…

  • Educação

    A menstruação de Pompinha: Uma psicanálise de 11 minutos.

    O Cortiço. Um livro exuberante, no mínimo. Escrito por Aluísio de Azevedo, um ludovicense, nascido em 14 de abril de 1857, falecido em 21 de janeiro de 1913. Crítico impiedoso da sociedade e suas instituições, inicialmente começa escrever no estilo romântico, mas, sob influência de Eça de Queiroz e Emíle Zola, logo se ver dominado pelo naturalismo. Cortiço é considerado pela crítica especializado como sendo o seu melhor texto. O livro é escrito é uma linguagem arrojada, sem meias palavras, expressa os conflitos, beleza, humanidade, miséria, usura, ganância, hipocrisia, mentiras, solidão, traições, molejo, enfim, o retrato de uma sociedade que se mantém atualíssimo. De tantas imagens e personagens pintados e…

  • Reflexões Sociais

    Grupos: Uma necessidade

    O grupo é inevitável por necessidade existencial, de sobrevivência. O grupo é potência social. Aristóteles diz que o “homem é, por natureza, um animal político”, que assim, por conseguinte, é um ser social. Uma vez, ainda segundo Aristóteles, “um instinto social é implantado pela natureza em todos os homens”[1]. O único espaço possível onde o homem tem possibilidade de evidenciar o seu instinto social e, consequentemente, a sua humanidade é no grupo; fora do grupo o homem é apenas uma possibilidade polimórfica da sua animalidade. Heidegger diz, em relação à linguagem, que o homem é apenas potencialmente capaz: “o ser do homem, caracteriza-se como zoos lógon exon ζωος λόγον εχον…

  • Reflexões Sociais

    Estou chegando: a ética do celular

    Não há dúvidas que as novas formas de socialização patrocinadas, sobretudo, pelas mídias digitais, têm exercido uma forte influência na forma de ser do homem hodierno. Novas linguagens surgem, novas formas de se comportar, novos espaços. Hoje, um dos termos que mais expressivos é cibernético, isto porque, este termo tem dado origem a outros termos. Por exemplo: cibercultura, ciberpunk, ciberdemocracia, cibercidadania, ciberativismo, cibercidades, etc. Como sabemos a “cibernética é uma teoria dos sistemas de controle baseada na comunicação entre o sistema e o meio, assim como no interior do sistema e na retroalimentação das funções do sistema pelo ambiente”. Esta teoria “foi criada por Norbert Wiener e é parte da…

  • Reflexões Existenciais

    Entre o MAIÚSCULO e o minúsculo

    Entre o MAIÚSCULO e o minúsculo: o que eu disse e o que o outro acha que eu queria dizer. Eu estava trabalhando em texto, digitando-o no Word Microsoft quando eu precisava usar a expressão em latim et al, e, automaticamente, na proporção que digitei et, ele se transformou em ET e quando digitei al se transformou em AL. A expressão et al, numa tradução direta significa “e outro” ou ainda “entre outros”. Bem, entre o que eu estava dizendo com a expressão et al e o que o Word entendeu o que eu estava querendo dizer são coisas absolutamente diferentes. Eu estava citando um determinado autor e dizia, então,…

Você não pode copiar o conteúdo desta página