Conjugalidade,  Podcast

Vivência Conjugal

Vivência Conjugal! O casamento é um contrato de risco! Todo casamento é intermediado por processos de idealização, e como a intensidade das idealizações é determinada por uma funcionalidade ou não relacionamento, ou seja, qualifica a vivência conjugal.

Se um casal, sem um relacionamento inicial, nenhum namoro, mantiver um índice muito alto de idealização sob o signo da perfeição, não tenho dúvida em dizer que, na instalação do relacionamento, este relacionamento terá problemas sérios de exibição, visto que, não dia em que o relacionamento é “sujeito perfeito” do namoro/noivado vai desaparecer.

Uma vivência conjugal é uma atividade de difícil gerenciamento, pois, são duas vidas muito diferentes, com história de vida com seus segredos, tramas, dramas, segredos, enfim … são duas individualidades que estão vivendo uma conjugalidade.

Você não pode copiar o conteúdo desta página