Reflexões Sociais

Canibalismo visual (digital) pós-moderno

Sempre me causou indignação ver as pessoas filmando e fotografando todo tipo de tragédias, sobretudo fatais envolvendo pessoas, inclusive crianças.

A pergunta que me faço é a seguinte: O que leva uma pessoa a fotografar e filmar pessoas mortas num acidente? Qual o destino que estas pessoas vão dar a estas imagens e filmes? Será a mera publicação em redes sociais? Qual o tratamento de sentido (social e humanitário) é dado a estes conteúdo?

Será um tipo de canibalismo visual (digital) pós-moderno que se sustenta na irrefreável alteração do ser humano lidar com as coisas-do-mundo? Filmar/fotografar pessoas mortas em qualquer lugar tende a ser normal? É cada vez mais comum, pelo mundo a fora, as pessoas fotografarem e filmarem acidentes em estradas, chacinas, enfim.

Tenho a sensação que tal comportamento é apenas o reflexo de uma sociedade que se expõe, diariamente, a um processo de insensibilização descomunal. Imagem! Uma família ter o seu ente querido, morto numa acidente, numa chacina, sendo exposto, gratuitamente, numa rede social qualquer? Exposto por alguém que simplesmente quis ser o portador da “notícia” de uma “tragédia”.

Em que estamos nos tornando? Quais os caminhos estamos caminhando?

Você não pode copiar o conteúdo desta página