• Reflexões Existenciais

    No meio do tempo comum, o extraordinário acontece.

    Penso que nós, humanos, temos tendência de querer sempre o extraordinário pelo extraordinário. E nos esquecemos que “no meio do tempo comum (chronós), o momento extraordinário (kairós) acontece”. Todo final de ano, observe-se as pessoas fazendo novas promessas, mas, ao “passar do tempo”, dentro do novo ano, observa-se que os velhos hábitos se repetem. Então o “tempo” sempre será o mesmo, o ano será o mesmo para estas pessoas. Parece-me que as pessoas querem, na virada de ano, o extraordinário pelo extraordinário, e, com base neste comportamento, fazem as suas promessas. Falando de crentes, me parece que a velha promessa é aquela de sempre: “serei mais fiel”. Não creio em…

  • Conjugalidade,  Séries

    Tentando evitar o processo de acomodação.

    A minha proposta com a Gerundicidade conjugal é pensar um núcleo dinâmico que, de uma forma ou de outra, seja um tipo de alerta, um “sininho” que produz certo lembretes cognitivos-comportamentais e, sobretudo, simbólicos, contra a acomodação. Dentre os significados do verbo, acomodar é a sua forma pronominal quanto a falta de resignação para sair de uma situação apática. Neste sentido, diria que o casando é uma tomada de consciência contra esta apaticidade; é um movimento permanente que os atores da cena da conjugalidade realizam, operando e mantendo o casamento funcional; desejando que o casamento vá criando, dia a dia, novas estratégias, adequando a relação aos novos cenários que, inevitável…

  • Expressão de Espiritualidade

    Missões: Eclesiologia – entre Cristologia e Escatologia.

    A Igreja do nosso Senhor Jesus Cristo tem uma missão definida aqui na terra: fazer Cristo conhecido em todas as tribos, línguas, povos e nações (Mateus 28:19,20; Marcos 16:15). Assim, a Eclesiologia não existe por si só, ela repousa sobre duas bases fundamentais e, para estas, ela se torna um parâmetro qualificador. A primeira base é a Cristologia, e a segunda é a Escatologia.Daí que a essência do fazer teológico da Cristologia, que é: “O verbo se faz carne e habitou em entre nós” (João 1:1,14), constituindo-se, pois, no fundamento da ação missionária. Toda ação missionária deve ser fundada sob Cristo como autor da Salvação A segunda base – a…

  • Reflexões Sociais

    Canibalismo visual (digital) pós-moderno

    Sempre me causou indignação ver as pessoas filmando e fotografando todo tipo de tragédias, sobretudo fatais envolvendo pessoas, inclusive crianças. A pergunta que me faço é a seguinte: O que leva uma pessoa a fotografar e filmar pessoas mortas num acidente? Qual o destino que estas pessoas vão dar a estas imagens e filmes? Será a mera publicação em redes sociais? Qual o tratamento de sentido (social e humanitário) é dado a estes conteúdo? Será um tipo de canibalismo visual (digital) pós-moderno que se sustenta na irrefreável alteração do ser humano lidar com as coisas-do-mundo? Filmar/fotografar pessoas mortas em qualquer lugar tende a ser normal? É cada vez mais comum,…

  • Reflexões Sociais

    O Brasil

    Violência em todas as esferas e em todos os sentidos! Mães desconfiam dos seus próprios maridos na relação dos filhos; maridos bandidos que destroem suas esposas. Patrões que monitoram os empregados sem critérios éticos; empregados que tramam contra os patrões. Corrupção! Nepotismo! Insegurança! Medo! Promiscuidade no setor público e privado; prevaricação; suborno de homens públicos; executivo inoperante, legislativo dominado pelo lobby; judiciário comprometido e refém do crime organizado! Universidades públicas que cumprem o seu papel social porque estão engessadas pela ideologia político-partidária; educadores refém de alunos “pai-e-mãe”. Brasil! É possível! É possível mudar, creiamos nisto!

  • Reflexões Existenciais

    Onde estão as estrelas?

    As vezes olhamos para o firmamento e contemplamos as estrelas.Mas as estrelas não mudam de lugar, estão onde estão para nos fazer perseverar em continuar olhando para o firmamento, pois as estrelas só mudam de lugar depois que os nossos olhos conseguirem acompanhar seus movimentos. Se, então, nós não conseguimos vê-las, como, pois, vamos acompanhar o seus movimentos? Então, precisamos primeiro descobrir onde estão as estrelas para poder acompanhar  os seus movimentos. Onde estão as estrelas?  Estão no universo! Sim estão no uno e no verso. O uno sou eu, o meu ser, o meu mundo, os meus passos, as minhas marcas, as minhas pegadas, os meus olhos, as minhas…

  • Expressão de Espiritualidade

    A Porta e o Caminho…

    “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram” (Mateus 7:13-14). A mensagem do evangelho se sustenta sob os fundamentos da meta-narrativa; e, neste sentido, as riquezas metafóricas do ensino de Jesus, transcende os “eventos” históricos que caracterizam os processos sociais, culturais, políticas, econômicas, científicas e religiosas. Ao olharmos para as características do homem do final do século XX e o início do século XXI, que se sustenta no que afirma-se como “pós-modernismo”;…

  • No Prelo

    Mimosa pudica

    Mimosa pudica: possivelmente, se o leitor não for um botânico ou um profundo amante da natureza, e, sobretudo, daqueles que gostam de observar em detalhes, não saiba o que seja a Mimosa Pudica. Mas é possível que conheças alguns destes nomes: dorme-dorme, planta-sensitiva, dormideira, arranhadeira, caá-eó, erva-viva, iuquiri, junquer, juquiri, juquiri-rasteiro, malícia, malícia-das-mulheres, malícia-de-mulher, malícia-roxa, morre-joão, não-me-toques, vergonha, vergonhosa. E, quiçá, outros! Bem, não vou falar nada sobre os aspectos técnicos, acadêmicos-científicos que envolvem a Mimosa pudica (Reino: Plantae; Divisão: Magnoliophyta; Classe: Magnoliopsida; Ordem: Fabales; Família: Fabaceae; Subfamília: Mimosoideae; Gênero: Mimosa; Espécie: M. pudica. Nem pensar, são informações para mais de anos! Qual é a minha questão? Se já parastes para…

  • Diversos

    Missio Dei: A dinâmica do Verbo que se fez carne.

    A vida sempre requereu e sempre requererá atualizações de todos os seres vivos! Isto ocorre porque existe uma dinâmica, pois a existência não é estática, nem na morte. Há um movimento permanente de transformação. Uma simples e leve brisa que sopra já é o suficiente para produzir mudanças por onde ela passar. É assim em tudo na vida. Nós, seres humanos, somos das espécies de seres vivos, a que mais necessita de perceber as mudanças. Esta necessidade se faz necessária por vários motivos, entre eles, um dos mais fortes, é a nossa necessidade de agrupamento, de vivermos em sociedade. Mas, ao tempo que esta necessidade de viver em grupo nos…

  • Dicas de Leitura

    Memorias de Underground

    Na Tchecoslováquia comunista, Jan Reichl cultiva o hábito de andar de metrô e imaginar os segredos escondidos sob as faces mudas de seus compatriotas. Ter um passatempo se tornou necessário quando seu pai, um leitor de Kafka, Camus, Zweig, Sartre, foi condenado a anos de trabalho forçado, exatamente por discutir em público essa literatura. O jovem transforma em texto as próprias divagações, e sua mãe as compila em um livro clandestino: Rumores, assinado com o pseudônimo Soudruh Androš, por sua vez apelidado de Camarada Underground. A circulação ilegal do livreto levou a mãe à prisão, mas permitiu a Jan conhecer um movimento subterrâneo de resistência. Quem o introduz nesse universo…

Você não pode copiar o conteúdo desta página